Automação e Software Supply Chain

Written By:

Software WMS

Movimentação de produtos é chave para qualquer negócio, o consumidor quer sempre comprar e receber seus pedidos no menor tempo e as companhias precisam receber materiais, processar as ordens e fazer suas entregas da maneira rápida e eficiente. Tudo isso envolve armazenagem e movimentação de materiais, máquinas e equipamentos ajudam as pessoas a processar e movimentar produtos, enquanto sistemas informação e gestão apoiam os executivos na realização de suas estratégias. Com o grande avanço da tecnologia de informação e automação isso tem sido muito competitivo.

O software WMS (warehouse management system) é o mais velho conhecido sistema de suporte de operações em armazéns, faz o controle de inventário, processa o recebimento, ordens de armazenagem, ordens de separação e envio. Existem vários níveis e funcionalidades, diferentes fabricantes de software com diversas opções de WMS.

Para entender o sistema, imagine o mais baixo nível de automação como um supermercado de prateleiras. Esse mercado recebe os produtos em grande quantidade e coloca em um estoque principal de grande volume, transfere esses mesmos produtos aos poucos para prateleiras conforme os clientes vão levando as mercadorias. Imagine ainda que as pessoas chegam em um balcão com uma lista de compras e entregam para os operadores, cada comprador tem uma lista diferente do outro e assim cada operador tem que separar uma lista por vez caminhando pelos corredores desse supermercado. No final o operador do processo de separação prepara a embalagem, emite a fatura e entrega para o comprador que ficou esperando no balcão. Pense nessa operação como sendo um modelo de operação de armazém sem nenhuma automação: lista de separação em papel, separação de pedidos um a um e produtos em corredores de prateleiras.

Um processo como esse pode ser pouco eficiente, muitas pessoas esperando e outras caminhando dentro do supermercado, vamos usar essa ideia para resumir as funcionalidades principais de um software WMS e falar sobre os benefícios que elas podem trazer.

As Funcionalidades de WMS

RECEIVING

Se não formos organizados quando recebemos e temos que guardar as coisas dificilmente vamos encontra-las quando precisamos, isso pode ser um caos em um armazém sem organização que recebe mercadorias o tempo todo e tem diferentes pessoas trabalhado para guardar tudo. Quando as mercadorias chegam precisamos determinar um endereço e registrar sua entrada, assim podemos saber onde elas estão e não teremos problemas para recuperar rapidamente. A funcionalidade de recebimento de um WMS auxilia isso: a identificação, registro de produtos e determinação de endereços de armazenagem no momento que são recebidos pelo armazém, gerando assim controle de tudo que está no estoque.

REPLENISHMENT

Lembra do mercado modelo que falamos no início? Precisamos sempre abastecer as prateleiras para facilitar a vida dos operadores. Pense na dificuldade que seria se eles tiverem que tirar cada produto pedido de uma posição em um grande estoque de paletes. Normalmente em um processo de separação de unidade fracionada temos um sistema de prateleiras que facilita o acesso aos produtos em quantidades menores. A funcionalidade de reabastecimento, ou replenishment como também é conhecido, ajuda nesse trabalho. De acordo com a demanda de um determinado produto o sistema indica automaticamente, seguindo uma estratégia definida no software, a necessidade de transferência de estoque de uma posição inicial para uma posição na prateleira e assim nenhum operador tem que ir até o estoque e ficar desmontado paletes de produtos.

WAVE PLANNER

Receber e processar os pedidos um a um pode ser uma tarefa muito demorada, você precisa de um operador disponível para cada pedido e atender cada comprador individualmente. Seria muito mais eficiente se pudéssemos juntar uma quantidade razoável de pedidos em um determinado intervalo de tempo e separar todos os produtos de uma vez só, dessa forma podemos planejar um esforço controlado e separar uma lista muito maior de forma mais inteligente. Por exemplo: podemos montar equipes para separar produtos em diferentes áreas do armazém ou ainda podemos juntar pedidos semelhantes e entregar para o mesmo operador para evitar que ele fique procurando os produtos nos corredores. Tudo isso aumenta a produtividade, mas temos que definir um ciclo ideal com uma quantidade de pedidos ideal, chamamos isso de separação por ondas e essa funcionalidade em um software WMS é conhecida como Wave Planner. Esse recurso entrega uma sequência de separação de materiais como uma onda e o esforço pode ser controlado respeitando determinadas configurações e estratégias.

BATCH PICKING

O tempo que um operador leva caminhado dentro de um armazém para chegar em uma posição ou para procurar um produto em uma prateleira é significativo e tem grande impacto na produtividade geral. A funcionalidade de Batch Picking, ou separação por batelada, permite configurar o processo de separação de maneira que cada operador separe um determinado número de ordens semelhantes. Por exemplo: uma ordem de separação entregue para um operador pode ter seis pedidos idênticos, assim o operador terá que caminhar até cada posição e procurar o produto na prateleira uma única vez para atender todos os seis pedidos. A inteligência de software pode organizar ou associar pedidos semelhantes e entregar a ordem de separação de forma otimizada economizando tempo dos operadores.

ROUTING

Quando vamos em um supermercado com uma lista de compras procuramos ir de um corredor para o outro tentando pegar todos os produtos da lista que estão no mesmo setor de uma única vez, os produtos estão normalmente separados por gêneros e categorias para facilitar a vida do comprador e muitas vezes para atender a estratégia de vendas da rede. Em um armazém os operadores não têm essa visibilidade, eles só enxergam código do produto, quantidade e posição. Dessa forma é normal que eles separem pela ordem que os produtos estão apresentados na lista, acontece que a primeira linha da lista pode estar no lado sul e a segunda linha no lado norte do armazém. Em um prédio grande um operador pode passar o dia todo costurando os corredores para separar um único pedido com muitas linhas. O sistema WMS pode resolver isso utilizando a função de Routing, essa função determina o caminho que as pessoas precisam fazer em um armazém para ser mais eficiente. Na lista de separação os produtos podem estar apresentados em uma sequência racional e o operador irá caminhar bem menos, o esforço será muito menor.

PACKING

Os pedidos e produtos podem variar no tamanho e peso, podem também ser frágeis ou líquidos. Existem várias características dos produtos que podem determinar diferentes tipos de embalagens ou volumes. Quando vamos no supermercado por exemplo, não queremos misturar detergente com chocolate na mesma sacola de compras e também não pegamos um carrinho para comprar uma lamina de barbear. A função Packing em um software WMS auxilia na determinação de embalagens, como os produtos serão separados e entregues pelo armazém seguindo uma estratégia configurada pelo usuário.

SHIPMENT

O volume de separação em um armazém é muito grande, caixas vão se acumulando conforme os pedidos ficam prontos para entrega aos clientes que estão esperando. No mercado que pensamos no início, os clientes estariam do outro lado do balcão esperando serem chamados para pegar seu pedido. Nos armazéns temos que organizar as entregas de acordo com o tipo de transporte, região e outras características de entrega determinadas no pedido. Já existe a possibilidade de no futuro receber os produtos vindos do céu entregues por Drones. Um armazém precisa planejar bem o envio conforme os diferentes tipos de entrega e o sistema de WMS permite a configuração de região, transportadores, tipo de entrega, entre outras características. A funcionalidade permite também acumular entregas semelhantes, fazer a fatura e gerenciar todo o ciclo de envio dos produtos.

RELATÓRIOS E DASHBOARD

Com um volume enorme de produtos entrando e saindo o tempo todo, precisamos ter ferramentas para calcular o estoque de produtos e saber qual é a performance da operação. Cada operação e movimento de mercadoria é registrado e é um desafio apresentar essa quantidade de informação de forma resumida. Esses dados são usados para auxiliar nas estratégias de operação, cobrança, planos de melhorias e tomadas de decisões executivas. Um software WMS inclui um conjunto completo de funções para apresentação de indicadores e relatórios de estoque, indica performance por operador, produtos mais pedidos, entre outras informações auxiliares de gerenciamento.

Esse artigo apresenta um resumo das funções principais de um WMS e é parte de uma sequência sobre o tema de software e automação em armazém e operação logística. Se quiser saber mais sobre o tema contate a Bastian Solutions, estaremos prontos para te atender. No próximo artigo vamos fazer um resumo das funcionalidades de um software WCS, software responsável pela interface com máquinas e equipamentos, integrando todos os componentes para fazer os processos de movimentação ainda mais eficiente.

Mauricio is a Field Application Engineer with Bastian Solutions South America out of the Brazil office. He is an Automation Engineer and works with customers serving in various roles including goods-to-man design, conveyors systems, consulting, project management and implementation. Expertise includes numerous projects with conveyors, goods-to-man, sorter systems, ASRS design and implementation in the material handling industry.

Leave a Reply

Your email address will not be published.